• Home
  • Notícias
  • Pesquisa inédita aponta crescimento dos multifranqueados
Pesquisa inédita aponta crescimento dos multifranqueados

Pesquisa inédita aponta crescimento dos multifranqueados

Pesquisa inédita da Associação Brasileira do Franchising (ABF) em parceria com o Grupo de Estudos de Franquias, da USP de Ribeirão Preto, analisou a presença e o perfil dos multifranqueados dentro do setor de franchising. Foi identificado no estudo que, 84% das redes em operação no Brasil contam com a presença do multifranqueado, aquele empresário com mais de uma unidade em operação.

Leia mais: Franquias de turismo e hotelaria puxam alta do setor no 1º tri

Isso, segundo o professor da FEA – USP Eugênio Bitti, é um índice representativo e crescente, sendo que em anos anteriores ele era menor. “Mesmo sendo crescente, já que em 2016 esse dado era de 68,5% e no ano passado chegou a 74,5%, o indicador surpreende. Ao atingir esse patamar, podemos dizer que o setor passa por um momento de profissionalização”.

Outro dado apontado pelo professor é que essa tendência segue uma prática já consolidada em outros países, em que as redes incentivam o crescimento da figura do multifranquedo.  O estudo revela ainda que em média as redes analisadas contam com 28,3 franqueados multiunidades.  Foi identificado ainda que, de total das lojas em operação das redes respondentes a pesquisa – índice que chegou a 25% das associadas a ABF –  55% dessas lojas são administrados pela figura do multifranqueado e 45% são de empreendedores que operam uma única unidade.

O professor da FEA-USP, Eugênio Bitti, enfatizou o quanto essa relação de confiança entre franqueadora e franqueado é positiva para os dois lados. “De um lado tem as franqueadoras que expandem as operações com mais segurança, do outro o franqueado, que ao ter mais de uma unidade em operação consegue uma redução de custos operacionais”, disse ele.

Leia mais: Franchising tem crescimento de 5,1% no primeiro trimestre

Redução de custos

Como exemplo dessa redução de custo, Bitti mencionou que um contador, por exemplo, pode ajudar na administração de uma loja e de uma rede, sem que isso encareça o seu serviço. “Um escritório de advocacia pode cuidar de uma loja, assim como pode cuidar do departamento jurídico de uma rede”, enfatizou ao que completou: “sem esquecer que ele aumenta a lucratividade, em especial em operações que atingem um patamar de faturamento e de lá, devido ao mercado, não passa”.

A pesquisa apontou também o crescimento da figura do franqueado multimarca, empreendedor que investe em mais de uma rede. Hoje, 58% dos empresários do setor são multimarca e operam duas ou mais redes diferentes. Esse índice surpreende, uma vez que em 2017, esse número era de 43% e em 2016 de 38%.

Por Flávia Milhassi Denone, do Universo Franchising

Quer saber tudo sobre o mundo das franquias? Fique atento as novidades do Universo Franchising.