• Home
  • Notícias
  • Chocobag é alternativa de investimento da Chocolateria Brasileira
Chocobag é alternativa de investimento da Chocolateria Brasileira

Chocobag é alternativa de investimento da Chocolateria Brasileira

Microfranquia para trabalhar de casa permite a franqueado mobilidade e alta margem de lucro contando com uma marca consolidada

O sonho de muitos candidatos a empreendedores é conquistar seu próprio negócio, sem que tenham que desembolsar um alto custo e, se for para trabalhar a partir de casa, melhor ainda.

Sabemos que o setor de franquias, que vem se aprimorando a cada, já oferece negócios de diversos ramos, a um custo baixo e, muito deles, home based, bastando ao interessado apenas em fazer a sua escolha ideal.

A Chocolateria Brasileira, franquia de chocolates finos, trouxe em 2018 para o mercado a Chocobag, uma mala térmica estilizada, com capacidade para até 62 litros para que o franqueado faça suas vendas porta a porta, ou por meio de parceiros comerciais da região, em um espaço pré-determinado.

O CEO da empresa Christian Neugebauer, que é herdeiro de uma família que trabalh com chocolates há mais de 100 anos, esclarece que este modelo é voltado para quem quer realmente trabalhar “A franquia é para o empreendedor que deseja colocar a ‘mão na massa’. Com a mobilidade que o modelo oferece, os franqueados poderão vender trufas e chocolates em barra em diferentes locais como salões de beleza, universidades, colégios, lojas de departamentos ou grandes magazines, parques e eventos em geral”, diz.  

Outros modelos

A Chocolateria Brasileira oferece ao mercado nacional produtos finos e desenvolvidos com matéria prima de primeira linha que tem em seu cardápio barras, trufas e bombons, embalados individualmente ou em kits. Sempre aliando qualidade e sabor que se unem ao aroma do delicioso café.

E todos os produtos da empresa são vendidos, além de franqueados com a Chocobag, também por parceiros que atuam com outros modelos de negócios da empresa como a loja e quiosques com cafeteria ou sem cafeteria.

Para quem pretende empreender, a Chocolateria Brasileira pode ser uma excwlente opção de baixo investimento com alta rentabilidade.


Chocobag (home based)
Investimento inicial: a partir de R$ 5 mil (inclui taxa de franquia, mala térmica e R$ 2 mil de chocolates)
Faturamento médio mensal: R$ 5 mil
Lucro bruto: 50% sobre o faturamento bruto
Retorno do investimento: a partir de 3 meses
Royalties: 8% sobre compras
Taxa de Propaganda: 3% sobre compras
Capital de giro: não há

Loja
Investimento inicial: a partir de R$ 202.809 (inclui taxa de franquia)
Faturamento médio mensal: R$ 67 mil
Margem de lucro: 16% sobre faturamento bruto
Retorno do investimento: 24 a 36 meses
Royalties: 5% sobre o faturamento bruto
Capital de giro: R$ 35 mil
Taxa de propaganda: 2% sobre o faturamento bruto

Quiosque com cafeteria
Investimento inicial: R$ 111.969 (inclui taxa de franquia)
Faturamento médio mensal: R$ 42 mil
Margem de lucro: 15% sobre faturamento bruto
Retorno do investimento: 20 a 30 meses
Royalties: 5% sobre o faturamento bruto
Capital de giro: R$ 15 mil
Taxa de propaganda: 2% sobre o faturamento bruto

Quiosque sem cafeteria
Investimento inicial: a partir de R$ 44.790 (inclui taxa de franquia)
Faturamento médio mensal: a partir de R$ 27 mil
Margem de lucro: 15% sobre faturamento
Retorno do investimento: 14 a 24 meses
Royalties: 5% sobre o faturamento bruto
Capital de giro: R$ 10 mil
Taxa de propaganda: 2% sobre o faturamento bruto

Por Rafael Gmeiner, do Universo Franchising.

Quer saber tudo sobre o mundo das franquias? Fique atento as novidades do Universo Franchising