• Home
  • Notícias
  • Armazém Fit Store quer abrir 40 lojas e aposta em produtos orgânicos
Armazém Fit Store quer abrir 40 lojas e aposta em produtos orgânicos
Freepik

Armazém Fit Store quer abrir 40 lojas e aposta em produtos orgânicos

A busca por uma melhor qualidade de vida faz com que muitos brasileiros mudem seus hábitos, sendo que a alimentação é a primeira preocupação para uma boa parcela da população no País. Um dos fatos que comprovam essa mudança no consumo é o crescimento na produção e na venda de produtos orgânicos no País.

Leia mais: Franquias pets: veja as redes que operam neste mercado rentável

Pesquisa realizada em 2017 pela Organis – Conselho Brasileiro da Produção Orgânica e Sustentável, em parceria com a Market Analysis, identificou que a média nacional de consumo destes produtos era de 15%. No ano passado o Sul era a região com maior incidência de consumo, sendo que 31% dos lares consumiam itens orgânicos. O Centro-oeste vigorava como a segunda maior região a consumir esses produtos orgânicos, com participação de 21%. Nordeste e o Sudeste eram as regiões com menor consumo, sendo essa participação de 15% e 10%, respectivamente.

Outros dados de mercado que comprovam o potencial no segmento de alimentação saudável e de produtos orgânicos é o estudo feito pela Euromonitor. A perspectiva, segundo a empresa de estratégia de mercado, é que o setor de alimentação saudável movimente R$ 63,5 bilhões este ano, o que representa alta de 0,8% na comparação com 2017. Já o nicho de produtos orgânicos, a expectativa é de R$ 153 milhões, alta de 2% frente ao ano passado.

Na atualidade, os supermercados têm a maior porcentagem de vendas desse insumo, mas não se encontra uma linha completa de orgânicos nesses locais, mesmo com todo o esforço do setor em atender a demanda de seus consumidores. Entretanto, o consumidor conta com um crescente número de redes de franquias a apostar neste mercado, e entre elas está o Armazém Fit Store.

Fundação

Da esquerda para direita: Ayla Quintella, Lucas Quintella, Tathiana Gava e Laerte Venturin.

Fundada em fevereiro 2017, a rede foi pensada após as empresárias Ayla Quintella e Tathiana Gava encontrarem na reeducação alimentar a cura de problemas de saúde. Com capital próprio de R$ 200 mil e a ajuda dos respectivos maridos, Lucas Quintella e Laerte Venturin, foi inaugurado o primeiro ponto de venda em Colatina, Espírito Santo.

Em entrevista ao Universo Franchising, Lucas Quintella, sócio proprietário da rede, afirmou que o principal desafio para a implementação do projeto foi encontrar fornecedores e organizar a logística para o abastecimento da loja. “Dentre muitas dificuldades, como qualquer início de negócio, as principais foram: formatação do mix de produtos, pesquisa e efetivação do quadro de fornecedores e logística”, disse.

Com tíquete médio de compras de R$ 80, o Armazém Fit Store atua com o revendedor de produtos, porém com o sucesso da operação e a maior procura por parte dos consumidores, os empresários estudam a criação de produtos de marca própria. “A empresa não é uma marca, e sim uma loja de revenda. Porém, temos a previsão de ainda esse ano fazer o lançamento de produtos com marca própria”, conforme enfatizou Quintella.

Segundo o empresário, um dos diferenciais da rede para atrair o consumidor está na constante busca de novos produtos para agregar o mix vendido nos pontos de vendas, além da preocupação com a qualidade dos mesmos. “O mercado de alimentação saudável é um mercado muito exigente quanto à qualidade dos seus produtos, por isso buscamos trabalhar com empresas renomadas quanto à qualidade e confiabilidade dos seus produtos. Também estamos sempre antenados ás tendências desse mercado, de forma a buscar sempre os fornecedores que estarão com seus produtos em evidência nos próximos meses.”

Leia mais: Redes de entretenimento e lazer despontam no franchising

Expansão

Criada em 2017, empresa vai expandir por meio do franchising

O sucesso operacional da rede e a boa aceitação do público e consumidor de produtos saudáveis e orgânicos, fez com que os empresários apostassem no franchising para expandir a atuação da Armazém Fit Store. “Por conta do layout arquitetônico e do mix de produtos completo, alguns visitantes da loja piloto perguntavam se não iriamos franquear, isso ocorreu diversas vezes, até que em determinado momento decidimos por fazer o curso Empresa 10x, e conhecemos o David Pinto e a Rebeca Pinto, que se encantaram pelo Armazém”, explicou Quintella.

Os empreendedores mencionados são fundadores de redes de franquias já consolidadas como a Doutor Resolve, Dona Resolve e Instituto da Construção. Eles se lançaram no mercado de educação empreendedora e em consultoria de formatação de negócios ao criarem o Grupo 10x, empresa essa que estruturou o projeto da Armazém Fit Store para o franchising. Em janeiro deste ano os empresários uniram forças e passaram a ofertar a operação como uma rede de franquia.

O projeto tem dado certo, uma vez que de janeiro para cá a Armazém já comercializou 35 unidades, sendo que cinco serão inauguradas em junho.  “Com o crescimento acelerado do mercado de alimentação saudável, hoje não existe lugar onde não se deva abrir um Armazém Fit Store, claro que por motivos de demanda damos preferência a cidades com um número mínimo de 50.000 habitantes, ou cidades que justifiquem através de levantamento e estudo regional feito pela equipe da Franqueadora”, argumentou Quintella.

As expectativas são altas para o projeto. O sócio proprietário afirmou que a meta é que a Armazém Fit Store chegue a 120 unidades comercializadas, sendo 40 em operação a comercializar produtos orgânicos e demais itens que compõem o grupo de alimentos saudáveis. “Com a iniciativa, nossa projeção de faturamento é de R$ 10 milhões”, concluiu o empresário.

Por Flávia Milhassi Denone, do Universo Franchising. 

Quer saber tudo sobre o mundo das franquias? Fique atento as novidades do Universo Franchising.